Publicado por: Paulo Fragoso | 06/05/2013

Fases

És caminho, és pedra por esbater na calada da noite. À espreita de um âmago indecifrável percorro as linhas imaginárias daquilo que, num momento, percebi não ser meu. Especada por cima de mim e num jogo de escondidas, tento seduzir-te afagando-te como se não houvesse um novo amanhã. Sabendo que lá estarás, envolvo-me na perceção do teu existir e parto, sozinho. Porque sei que voltarás. À míngua me deixas com teu desprezo. Em crescente desespero me perco. Resta-me o consolo de que chegues como nova, porque cheia de mim já estás.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: