Publicado por: Paulo Fragoso | 01/11/2012

Vivência

É uma vivência ofuscada. No limiar da razão encontra-se o poder de delimitar o caminho a ser percorrido. De fragas e sulcos esbatidos pelo vento. Nem damos pela brisa que afaga nossas narinas. Deixamos levar-nos pela folha que ora toca o chão, ora ganha asas e voa como se nos levasse os sonhos. O olhar fixo para lá do que é possivel ver. É preciso não deixar morrer a esperança.

Anúncios

Responses

  1. Finalmente voltámos à escrita 🙂


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: