Publicado por: Paulo Fragoso | 04/05/2010

Semente

É semente que se lança, sem saber o que dá avança. Paramos um pouco e lembramo-nos que também o fomos um dia, uma hora, um minuto. É semente que se lança sem saber se se apanha. Há a esperança de que se alcance e que um dia se colha algo. Algo que mudará nossas vidas, nossa existência, nosso dia-a-dia, nossas rotinas. Tal e qual cada um de nós o fez em tempos. É semente que um dia pisará terra. E foi semente que deu flor. Com calor, carinho e amor desabrochou um dia. Semente de um corpo que dá luz a uma vida. Flor cujas pétalas brilham ao sol, esvoaçam na brisa que empregna  de alegria tudo o que a rodeia. É flor que crescerá e tentará manter-se firme no seu canteiro mas à espera de uma qualquer borboleta que lhe dê ainda mais vida, mais cor, mais cheiro. É a flor que,  graciosa e estonteante, irá dar também as suas florzinhas. Mas que agora é apenas e só o meu jardim encantado. Quem diria que daquela semente saiu um dos meus tesouros, daqueles que bem enterrado no meu coração, jamais sairá. Venha quem vier, dê por onde der.

(Parabéns minha filha Joana)

Anúncios

Responses

  1. Parabéns à tua linda flor:-)

  2. Olá Paulo Fragoso!

    Parabéns pelo seu blogue fantástico, gosto imenso, e pelo seu trabalho na rádio das grandes músicas. 🙂

    Muitos parabéns à sua filha Joana espero que tenha tido um excelente dia 🙂

  3. Não sei se teremos muitas coisas em comum, mas uma temos com certeza! Ambos temos filhas, que por mais voltas o mundo dê e “venha quem vier”, o amor que lhes temos é sempre superior.
    Desde o primeiro momento, mesmo sem ser planeada, a primera vez que vimos o coraçaozinho do nosso “feijão”, que é quase só coração, bater, entramos em estado de graça. Logo, vale a pena deixar tudo por elas, faze-las felizes o mais que pudermos!
    Um dia vão deixar-nos? Nunca! Nunca deixei a minha mãe sozinha, ela é que me deixou e já tarde. Se temos de partir não precisamos de sofrer tanto!
    Falo em mães e filhas e fico comovida…!

    Muito bonita a dedicatória à sua filha, parabens!
    Até logo…:-)

  4. Adorei este seu texto… o melhor da minha vida ter gerado 2 filhos lindos… uma menina, a minha Maria Inês e um menino, o meu Pedro. Senti-los crescer dentro de mim, sentir os pontapés ou apenas sentir que estava grávida, foi o melhor que me poderia ter acontecido. São meus… serão sempre meus… um dia voarão, mas sentirão sempre uma mão a tirar-lhe as pedras do caminho, para que tudo se torne menos penoso neste mundo cruel. Amo-os de paixão.
    Parabéns pelo bonito texto que dedicou à sua filha.

  5. olá Paulo, parabéns pelos teus textos, pois são todos muito especiais e bonitos! O que dedicaste à tua filha Joana é simplesmente fantástico, mais uma vez parabéns! Como sabes tenho 2 filhos um casal Carolina 21 e Eduardo com 13 anos, ambos muito diferentes nas sua personalidades e atitudes, mas uma coisa têm em comum, o Amor e respeito pelos outros, que graças a Deus consegui passar lhes na minha educação com eles!
    Tenho um orgulho enorme pelos dois e Amo os de paixão!
    Espero sinceramente que o futuro lhes reserve tudo aquilo que lhes desejei, pois ai seria a felicidade completa!

    Beijos grandes para ti, pois és um excelente escritor, comunicador, pai e bom amigo,,,,Bem hajas,,:))


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: