Publicado por: Paulo Fragoso | 23/06/2007

Modas!

Eu que não sou nada de modas confesso que nesta caí.Lembro-me da moda dos yô-yô’s, do cubo mágico, dos ténis Sanjo ou dos Adidas Anastase, todas passaram por mim sem lhes dar grande importância e agora vi-me de repente totalmente enrolado na teia, embora desse conta que já ando nisto há bem mais tempo do que a altura em que se começou a falar disso em tudo o que era jornais, revistas, blogs, artigos de opinião, crónicas e afins. Sim, estou dependente! Isto numa altura em que pensava que a minha única dependência tinha sido o tabaco, coisa que abandonei há 3 anos, mas não, estou totalmente agarrado, imagine, a várias séries de tv!!! E todas ao mesmo tempo, o que me leva a agradecer a todos os santinhos o facto do meu velhinho leitor/gravador de VHS- o vídeo! ainda se lembra do que é?- estar ainda a funcionar às mil maravilhas o que me deixa com espaço para estar a ver uma das séries na hora e outra a ser gravada para mais tarde me deliciar. Ora, e quando é que começou esta minha saga??? pois se bem me lembro, acho que foi com “Os Sopranos”. Ou terá sido com o “24”? Não, foi com “Sete palmos de terra” de certeza. Ah não não, foi com o “Seinfeld”. Quer dizer, bem vistas as coisas acho que foi mas é com o “Dallas” porque adorava a Pamela Ewing que era linda de morrer e a patinha feia da familia ao mesmo tempo. Não importa, o que é certo é que estou metido na moda de todos em devorar séries atrás de séries, ora no Fox, ora no AXN, e sempre na RTP 2, o único canal nacional que me mantém fiel. Ah, sim, também tenho umas quantas em DVD. Há que alimentar o mercado.

Anúncios

Responses

  1. De facto as séries fazem com que nos colemos completamente aos ecrãs das televisões e dos computadores, de tal modo que parecemos ventosas!!!HIHIHI
    Eu como estudo, tenho um sistema, apenas vejo séries nos inícios de semestre, quando há pouquinho para estudar e durante as férias. Caso contrário lá se vai o estudo….
    Um abraço, espero uma visita lá no meu cantinho…

  2. Bem Paulo,1º qeria lhe dar os parabens por este blog q aqi tem.
    Eu tb sou um bom apreciador de algumas series televisivas. Adoro “Friends”(conheco pouca gente q veja). Dps tenho a sorte de ter tv cabo onde passam msm mts series.
    Um abraco, Jorge Roldao

  3. Olá Paulo,
    Desde à uns anos que sou dependente assídua da RFM e da grande companhia que me fazes. Mas excluindo este vício, com os anos também adquiri outros, do meu ponto de vista também saudáveis, que são as séries televisivas, perco-me entre os perdidos, as donas de casa desesperadas, House, Anatomia de Grey, Os negociadores … é claro que de vez em quando tenho que dividir a minha atenção com a tábua de engomar mas são os ossos do oficío das mães, esposas, escriturárias, Donas de casa…
    Um beijo muito grande e continuação de boa disposição que é mesmo contagiante.
    PM

  4. Hum.. ate recentemente nem via TV .. Confesso.. agora ja vou espreitando outros canais … AXN sic mulher mas principalmente os de musica … devido a “qualidade” fiz uma “guerra” em casa … e um facto é que esta ja não existe as refições … falamos .. e tambem stou contente quanto ha qualidade dos criterios das minhas filhas … principalmente todas adoramos musica … e !ja niguem me questiona quamnto a ouvir Radio e so RFM !! nem os amigos 😉
    bjs Carmen

  5. Olá Paulo,

    Directamente de tão perto (do Texugo), deixo a minha mensagem: parabéns pelo blog. De há uns tempos para cá fiquei fã destes sitíos…

    Também adoro séries, confesso…Em comum temos o AXN, a Fox, a 2, mas também me apanham a ver o House e CSI na SIC e TVI…Claro que também não me escapa o Prision Break…Bom, viciada…

    Parabéns por ter deixado de fumar. Uma grande vitória. Também consegui:-)

    Para além disto, também sou grande adepta de revistas. Vejo tudo. Desde as cor de rosa às de negócios, passando pelas de moda, viagens e decoração (é aqui que o Texugo me dá um jeitão:)).

    Bom, deixo o meu abraço. Vou continuar a ouvir a RFM:)
    Marta Canário

  6. Eu a-d-o-r-a-v-a ter tempo para ver as séries que andam por aí. Mas, sei lá porquê, acho que a única série na minha vida que vi do princípio ao fim foi o Roswell… Já lá vão uns anitos… (Ah: também vi deliciada a Dra. Quinn, quando era menina, mas perdi o último – pois, o último – episódio!) Agora gostava de ver Lost (ainda dá?…), Anatomia de Grey, Dr. House, CSI, e a maratona havia de continuar! 🙂

    Um beijinho, e boas férias se for caso disso!

  7. Aiiii… Esqueci-me de que também vi aquelas de há uns anos: As Novas Aventuras do Super-Homem, Asas nos Pés, e mais uma ou duas cujos nomes não me ocorrem. T-r-e-t-a-s, quando comparadas com o que agora anda por aí…

    *

  8. Ola Paulo!
    A muito tempo que nao passava aqui, mas como estas de ferias decidi vir espreitar p/ver se tinhas dado noticias no blog e nao é que vejo q és como eu….eu tb gravo as minhas series, tenho as preferidas em DVD e sou tb um bocadinho dependente da RTP2, Sic Mulher e o AXN….
    Ah…a RTP esta a repetir mtas series, algumas q davam na RTP1…!!
    Bjocas e continuaçao de boas ferias
    Xana

  9. Olá, Paulo!
    A primeira vez que te vi, já foi há uns 18 anos, tinhas um vicio terrivel: a rádio!
    Vinhas com um daqueles gravadores de fita debaixo do braço, porque na noite anterior tinhas ido a um concerto dos chutos e pontapés, lá num ermo qualquer…eh eh (antes da fama…). Beijo. Carla

  10. boa noite, andava a “passear” pelo site da RFM (a minha radio Favorita) quando vi o seu blog e decidi comentar! Esta 5 estrelas =) parabens!!! Já sei que tem rebentos lindos mas nao tem tambem algum animal de estimação??:) se tiver envie fotos para o meu email o meu site é de animais e tenho um passatempo de animais de companhia!
    Espero que goste! =) Boa semana e muito sucesso com o seu trabalho!

  11. Cheirar o éter é desafiar a morte, é querer olhá-la nos olhos, e sair a rir.
    Querer cheirá-lo está em nós… Senti-lo e saboreá-lo, querê-lo e odiá-lo. Como tudo que em nós existe.
    É achar-se capaz de arriscar, de pegar no dito frasquinho, e ver quanto tempo se aguenta este intoxicante chamamento que parece vir d’além…
    Eu arrisquei e cheirei o éter, mas de um modo diferente. Opto, escolho, opino, divago. Em cada coisa que faço, há repercussões. Tudo desafia a morte, assim como a mesma vida. Qualquer escolha, qualquer opinião. Tudo tem consequências, até o não fazer não sai livre do crime. Crime este a que chamamos viver…

  12. Olá, primeiro parabêns pelo programa, tenho o prazer da sua companhia todas as tardes e confesso que adoro. Bem quanto às séries, tenho que dar o braço a torçer que não perco o 24 (nº 1), Prision Break, etc, etc. Mas sou mt nacionalista…lol… pois acompanho as séries na rtp1 e rtp2 (principalmente), não há tempo para tv cabo, cá em casa chegam 4 canais.
    Beijocas e até breve
    Luise

  13. KD os posts…

    Precisamos de mais posts para podermos expressar nossas ideias…

    Pedido:

    Alguem sabe onde encontro este manjar dos deuses que é o éter para eu comprar…

    To loco pra experimentar… hushausashhuas

    Forte Abraço a todos

  14. os meus queridos ténis sanjo…primeiro foi preciso usar das minhas melhores estratégias para convencer a minha mãe a dar-me os escudos necessários…cheguei à loja e lá estavam eles todos branquinhos, lindos de morrer, tinha à escolha o modelo ténis ou o modelo ténis-bota.
    Se todas as minhas colegas tinham o modelo ténis, foi isso que escolhi, mas só havia o “34” e eu calçava o “36”, ténis-bota…pois que remédio, lá teria de ser, veio o Sr. com um “35”, muito a custo o pé lá entrou, e ficou.
    Que dor, que aperto, mas o amor aos meus lindos “sanjo”, eram superiores ao facto de me sentir uma autêntica “gueixa”.
    o mês de Agosto era passado religiosamente, com os meus avós espanhóis em Aveiro, a minha mãe estava em Lisboa…naquela altura a partir da Venda das Raparigas, era N 1, até Aveiro, isto só para dizer, que durante o mês de Agosto era livre como um pássaro. Nesse ano começou a moda dos cai-cai, iamos à Feira de Espinho que mis abuelos, adoravam…não tinha nenhum cai-cai, digamos que a minha mãe não achava apropriado para mim, só com 11 aninhos e um cai-cai, nem pensar.
    Mas eu pensei, cheguei à Feira de Espinho com tal “vestimenta” que consegui que toda a Feira olhasse para mim, para o cai-cai improvisei um saiote branco e como não tinha saia para o “maravilhoso cai-cai” fácil, só precisei de enrolar até à cintura um vestido, sentia-me a moçoila, mais bonita de Espinho… 🙂
    Modas, ó modas…e que modas


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: