Publicado por: Paulo Fragoso | 23/06/2007

Belo ou não belo, talvez bonito!

Entre o belo e o bonito venha o diabo e escolha. São curiosas as diferenças entre as definições de ambas e as contradições que podem causar. Quando se aplica o “belo” e o “bonito”? Em que circunstâncias? Acha que é o mesmo, que não há grandes variantes de uma para outra? Terão cheiros semelhantes ao olfacto de muitos mas a noção de beleza não é igual para todos. Não é a beleza que está nos olhos de quem vê mas sim o bonito. A beleza está na alma, não se pode ver ou apreciar, apenas se dá por ela quando se sente, porque é disso que se trata, de sentir. Sente-se a beleza da natureza e o bonito que é uma rosa, sente-se o quão belo é viver um dia de sol bonito. Mas como não há bela sem senão o melhor é não esquecer que por trás do que é bonito pode estar algo escondido que nos leve ao engano.

Anúncios

Responses

  1. O que é bonito nem sempre nos toca, apenas de passagem se aprecia sem latejar a nossa alma.
    O que é belo perdura dentro de nós em memórias sempre renovadas, alimentando-nos vivências.

  2. Para mim, o belo é mt subjectivo. Eu aprecio mais a beleza interior k a beleza física pois é o k vale mais numa pessoa e devo dizer-lhe k vc mostra ter um coração de ouro. Bjs

  3. belo…espetaculo parabens

  4. Uma Prosa bonita com frases belas…

  5. O belo é aquela coisa que vc admira e fica preso na sua memória.
    O bonito é como se fosse apenas uma passagem.

  6. Belo e bonito são dois adjectivos muito semelhantes no que respeita à língua portuguesa e que significam “em que há beleza, formoso, bom, generoso, nobre, gentil”. Os seus significados confundem-se e confundem-me porque tanto podem ser sentimentos interiores, muito íntimos mesmo, como quando os olhos vêem ou os que o coração sente quando recorda!

  7. A beleza poderá ser o que não tem a ver com a aparência, mas, sim, o que numa pessoa vem sinalizar a sua capacidade de se deixar olhar e mergulhar em transparência. O belo bem que poderia ser uma outra forma de dizer o inatingível. O belo, como todos os conceitos difíceis que usamos levemente, está para lá do que se vê. Defendemo-nos da beleza dos outros e não deixamos que ou outros vejam a nossa. Defendemo-nos, como Guerreiros, numa luta contra uma possível felicidade que se pode tornar num inevitável sofrimento…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: